sábado, 2 de agosto de 2008

Filho Varão: os Vencedores- Watchman Nee

Extraído do livro" O Plano de Deus e os Vencedores"
Você pode fazer o download deste livro no Blog Filho Varão

Então o Senhor Deus disse à serpente: Visto que isso fizeste, maldita és entre todos os animais domésticos, e o és entre todos os animais selváticos: rastejarás sobre o teu ventre, e comerás pó todos os dias da tua vida. Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar (Gênesis 3:14,15). Viu-se grande sinal no céu, a saber, uma mulher vestida do sol, com a lua debaixo dos pés e uma coroa de doze estrelas na cabeça, que, achando-se grávida, grita com as dores do parto, sofrendo tormentos para dar à luz. Viu-se também outro sinal no céu, e eis um dragão, grande, vermelho, com sete cabeças, dez chifres e, nas cabeças, sete diademas. A sua cauda arrasta a terça parte das estrelas do céu, as quais lançou para a terra; e o dragão se deteve em frente da mulher que estava para dar à luz, a fim de lhe devorar o filho quando nascesse. Nasceu-lhe, pois, um filho varão, que há de reger todas as nações, com cetro de ferro. É o seu filho foi arrebatado para Deus até ao seu trono . . . E foi expulso o grande dragão, a antiga serpente, que se chama diabo e Satanás, o sedutor de todo o mundo, sim, foi atirado para a terra e, com ele, os seus anjos. Então ouvi grande voz do céu proclamando: Agora veio a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do seu Cristo, pois foi expulso o acusador de nossos irmãos, o mesmo que os acusa de dia, e de noite, diante do nosso Deus. Eles, pois, o venceram por causa do sangue do Cordeiro e por causa da palavra do testemunho que deram, e, mesmo em face da morte, não amaram a própria vida (Apocalipse 12:1-11).

Estas duas passagens das Escrituras correspondem-se. A primeira encontra-se no livro que abre a Bíblia, enquanto a seguinte está no livro do encerramento. Em Gênesis 3 há: 1) a serpente, 2) a mulher, e 3) a semente em perspectiva. Em Apocalipse 12 encontram-se novamente estes três: 1) a serpente, 2) a mulher, e 3) o filho varão.

O juízo de Deus contra a serpente
Gênesis 3 revela o juízo de Deus contra Satanás. Também nos fala do seu juízo contra o homem caído e do seu plano de redenção. "Rastejarás sobre o teu ventre" é a decisão divina de que Satanás só pode operar na terra, não mais no universo. "Comerás pó todos os dias da tua vida" dá a idéia de que Deus ordenou que, a partir de então, o homem (feito do pó) fosse o alimento de Satanás. Assim, todos os descendentes de Adão, como Deus ordenou, tornaram-se alimento —isto é, são um povo — para Satanás.
"Mulher" refere-se à mãe de todos os viventes. Portanto ela representa todos os viventes: todos a quem Deus deseja salvar.
"Sua semente" refere-se a Cristo. Quando Cristo estava na terra, esmagou a cabeça da serpente na cruz. Considerando que na cabeça encontra-se a região vital do poder, o Senhor destruiu todos os principais poderes que pertenciam a Satanás.
Quando a Bíblia diz que a serpente feriria o calcanhar da semente da mulher, simplesmente declara que Satanás operaria às costas de Cristo. Depois que Cristo esmagou a cabeça da serpente e partiu, Satanás opera pelas costas. Isto significa que ele opera nas vidas dos crentes em Cristo — e sua operação é do tipo sub-reptício.
A semente da mulher aponta para o Cristo incorporado como também para o Cristo pessoal, uma vez que todos os que têm parte na ressurreição de Cristo estão incluídos na semente da mulher. Assim como o Senhor nasceu de uma mulher sem a ajuda do homem, o novo homem que renasce no crente não tem natureza adâmica. Assim como Cristo é o Filho de Deus, assim o novo homem também é um filho de Deus. Assim como Cristo não nasceu do sangue, o novo homem não nasceu do sangue nem da vontade do homem (João 1:12, 13).
De Gênesis 3 em diante, a esperança de ambos, Deus e o homem, centraliza-se na semente da mulher. Satanás também presta muita atenção à semente da mulher. Exatamente por isso, ele: 1) instigou Herodes a matar o Senhor, 2) tentou o Senhor no deserto, e 3) tentou importunar o Senhor durante os três anos e meio de seu ministério público. Mas em tudo isso o Senhor foi vitorioso.

Os vencedores enfrentam a serpente
No que se refere à narrativa, Apocalipse 4-11 é uma seção, enquanto 15-22 é outra. Os capítulos 12-14 são um parêntesis; não fazem parte do texto principal mas servem para explicar o que foi escrito antes. O capítulo 12 está ligado aos capítulos 2 e 3 em idéia: observe que os capítulos 2 e 3 mencionam "o vencedor" sete vezes e, então, o capítulo 12 diz "eles o venceram"; os capítulos 2 e 3 contam-nos como Deus chamou alguns para serem vencedores quando a igreja fracassou de um modo geral, enquanto o capítulo 12 nos mostra quem são estes vencedores e o que fazem; e, novamente, 2:27 conta como o vencedor governará as nações com vara de ferro e 12:5 confirma que aquele que reinará sobre as nações com uma vara de ferro é um filho varão. O filho varão representa os vencedores na igreja. Este filho varão é incorporado em natureza, porque ele é "os irmãos" de 12:10,11.
"A antiga serpente" é o nome que Deus propositadamente menciona aqui em Apocalipse 12 para nos ajudar a lembrar o registro de Gênesis 3.
A mulher que dá à luz o filho varão segundo Apocalipse 12 é Jerusalém. Não se refere apenas à Jerusalém terrena, também aponta para a Jerusalém celeste. A Bíblia nos diz que Deus é nosso Pai, o Senhor nosso irmão mais velho e Jerusalém é nossa mãe (Gálatas 4:26).
O sol, a lua e as doze estrelas coincidem com o sonho de José. Portanto deve fazer alusão aos filhos de Israel. Jerusalém é o centro da nação de Israel. Conseqüentemente a mulher deve ser Jerusalém.
A mulher é a Jerusalém de Apocalipse 21 e 22. Esta cidade inclui todos os que têm a vida de Cristo e são salvos durante os períodos do Antigo e Novo Testamentos. Antes de dar à luz o filho varão a mulher representa a igreja; depois de dar à luz o filho varão representa os filhos de Israel porque antes do filho varão nascer ela está descrita em seu estado celestial — o sol, a lua e as estrelas, e depois do nascimento do filho varão ela é citada em sua situação terrena — fugindo no deserto.
A mulher simboliza todos os remidos de Deus. São severamente perseguidos pelo inimigo. Como a mulher sofre por causa da serpente! Aqueles que são representados pela mulher devem lutar por si mesmos, mas não conseguem. Por isso Deus chama dentre eles um grupo de vencedores que lutem em lugar deles.
Os vencedores reinarão sobre as nações com um cetro de ferro uma vez que ocuparão lugar especial no reino. Quando estes vencedores (representados pelo filho varão) são arrebatados para o céu, derrubam Satanás e retomam os lugares celestiais que estavam em poder da serpente. Enquanto estavam na terra, Satanás tinha de retroceder; e quando sobem ao céu, Satanás é expulso. A vitória se encontra na retomada do poder. O filho varão vence em benefício da mãe: os vencedores vencem pela igreja. Mais ainda, no fim dos tempos, Deus usa os vencedores para acabar com a guerra no céu.
Estes vencedores trarão "a salvação, o poder, o reino do nosso Deus e a autoridade do seu Cristo" para o céu. A serpente, portanto, não tem mais lugar no céu. Por isso, onde estão os vencedores, Satanás é forçado a retroceder.

As armas dos vencedores

Eles venceram o inimigo por causa:

1) "do sangue do Cordeiro". Primeiro, no sangue de Cristo é derramada a vida natural; portanto Satanás já não pode mais operar em nós. O alimento de Satanás é o pó da terra: ele só pode operar na vida natural. Segundo, o sangue de Cristo vence o ataque de Satanás. Sob a proteção do sangue de Cristo não seremos atacados por ele, exatamente como os filhos de Israel eram totalmente protegidos pelo sangue do Cordeiro Pascal. O sangue satisfaz a justiça de Deus, porque o derramamento de sangue significa morte. Por causa disto, Satanás não pode nos atacar. Terceiro, o sangue de Cristo responde às acusações do inimigo.

2) "A palavra do testemunho." O que o inimigo tenta fazer à igreja é subverter o testemunho. A igreja é um candeeiro que simboliza o testemunho. A fim de derrotar a igreja Satanás tem de subverter o testemunho. O testemunho mencionado aqui está especialmente relacionado com o testemunho dado contra Satanás. Duas palavras que nosso Senhor usou quando ele mesmo foi tentado formam o testemunho a ser usado contra ele. Temos de testificar contra o inimigo. Quando ele nos diz que somos fracos, dizemos-lhe que "o poder de Cristo se aperfeiçoa na fraqueza" (2 Coríntios 12:9). Use a palavra de Deus para cumprir a vitória de Cristo. O sangue dá força a essa vitória. Usar a palavra de Deus para executar a vitória de Cristo é o testemunho..

3) "Em face da morte, não amaram a própria vida." Ofereça seu corpo e vida, não
tenha autopiedade e, como Paulo, em nada considere a vida preciosa para si mesmo (Atos 20:24). A vitória será nossa se confiar-mos no sangue, dermos a palavra do testemunho com ousadia e mantivermos uma atitude de destemor diante da morte. Tais pessoas podem cumprir a vontade determinada por Deus e registrada em Gênesis 3:15. Assim, como o dragão espera devorar o filho varão que vai ser dado à luz, Satanás há de nos perseguir e nos fazer sofrer. Mas essas mesmas perseguições e sofrimentos vão nos impelir a sermos o filho varão para que sejamos arrebatados primeiro. O primeiro arrebatamento não é só uma bênção, também acarreta uma responsabilidade. Todos os que dão lugar a Satanás em seus corações serão perseguidos pelo dragão na grande tribulação. Mas aqueles em cujos corações o inimigo não tem apoio esmagarão a cabeça do dragão sob os seus pés (comp. Romanos 16:20). Tendo a serpente ferido a mulher, foi preciso a semente da mulher para derrotar a ser-pente. Deus mesmo não vem derrotar Satanás. Para isto ele convoca os vencedores Que estejamos nas fileiras dos vencedores!

Nenhum comentário:

Irmãos em Cristo Jesus.

Irmãos em Cristo Jesus.
Mt 5:14 "Vós sois a luz do mundo"

Arquivos do blog