domingo, 20 de maio de 2012

Restaurarás o Reino Agora?- Arcadio Sierra Diaz

Então, irmãos, quem escreve isto que aparece em Apocalipse? João, um dos doze apóstolos do Senhor Jesus Cristo. Quem escreveu o que temos lido anteriormente? Pedro, outro dos doze. Mas o curioso é que eles mesmos, João, Pedro, Mateus, Felipe, André, Tiago e demais discípulos, já chegada a hora da ascensão do Senhor, se aproximavam do Senhor para fazer uma pergunta. O Senhor os havia convocado a que se reunissem no monte das Oliveiras, mas eles, antes que o Senhor ascendesse ao céu, lhe fizeram uma pergunta. É possível que todos esses dias houvessem estado à expectativa de cada palavra, de cada movimento do Senhor depois de haver ressuscitado. Que glória, que dias aqueles! O que virá agora, João? O Que poderá suceder nestes dias, Pedro? e perguntaram diretamente a Ele. Se não for agora, poderemos ter outra oportunidade? "6 Então, os que estavam reunidos lhe perguntaram: Senhor, será este o tempo em que
restaures o reino a Israel?" (At. 1:6). Eles, seus íntimos amigos e discípulos, tinham essa preocupação; eles sabiam acerca das promessas de Deus sobre o reino. E também criam que Jesus era o verdadeiro Rei messiânico; logo foram testemunhas de como o Senhor se entregou para que o matassem; que voluntariamente se entregou para que o julgassem e o levassem à cruz, pois também, Ele poderia esquivar e fugir com seus discípulos; ir longe. Pedro mesmo havia insinuado (cfr. Mateus 16:22). Tudo isso puderam estar eles pensando dias antes. Mas se deixou matar. Bom, ressuscitou. Aleluia! Mas, o que segue agora? Agora vemos que ele vai. Isto o que é? Há algumas coisas agora que não entendemos. Por isso perguntam ao Senhor ressuscitado e nas portas da ascensão, se ele ia restaurar o reino a Israel nesse tempo.A pergunta dos discípulos do Senhor Jesus, quanto à restauração do reino, é legítima e correta, tendo em conta que eles conheciam muito bem as profecias do reino messiânico prometido a Israel, reino para o qual seria restaurado o trono de Davi, e ocupado por um descendente direto dessa linhagem real. Mas o que ignoravam os discípulos do Senhor era que o Senhor Jesus haveria de chegar à glória do reino através da cruz e mediante a prévia edificação da Igreja, pois, como era (e segue sendo) a pauta em geral dos judeus, eles não viam na profecia bíblica senão uma só parousia do Messias. Os israelitas não tem vislumbrado ainda que na primeira vinda o Messias teria que submeter-se ao sofrimento e à morte, logo de sua ressurreição viria a glorificação, e mediante a vinda do Espírito Santo, conformar um corpo elite que estaria reinando com Ele, e por fim regressar em glória e poder a estabelecer o reino, conforme as Escrituras.Mas, irmãos, meditemos nisto. A eles, aos judeus, levaram cativos a Babilônia, e mesmo que um remanescente regressou em tempos dos medos-persas, seguiram sob o domínio estrangeiro; logo vem um terceiro império mundial governado pelos gregos, e seguem sob o domínio estrangeiro. Inclusive o historiador Flavio Josefo narra em um de seus livros, como receberam apoteoticamente a Alexandre O Grande em Jerusalém, mas ele não disse aos judeus: Venho a dar-lhes a liberdade, não; vocês seguirão sob meu jugo.*(2) Então nos tempos da Babilônia os judeus estavam abaixo do domínio estrangeiro; nos tempos dos medos-persas, também; abaixo do governo grego, também; abaixo dos romanos, também, e nada que Deus restaura o reino. Estava Deus fazendo algo para restaurar o reino? Claro que sim, mas a seu devido tempo. Já havia se manifestado o Rei, mas faltava algo. Seus discípulos não entendiam os movimentos de Deus, e por isso lhe perguntam: Senhor, restaurarás o reino a Israel neste tempo? Como quem diz: Vimos-te ressuscitar, vimos teu poder, como ressuscitastes, como transpassas as paredes, como te fazes invisível, como logo restauras tua visibilidade, como comes a vontade, como caminhas ou voas se quiseres; logo tu tens poder para restaurar o reino a Israel neste tempo. Cremos que tu és o Rei. O restaurarás? Já te vais. O que é que está impedindo? Eles não entendiam nada, irmãos, devido a que eles viam tudo isso através de uma lente muito humana, como pensando: Bom, o Senhor pode agora chamar para acertar contas a todos aqueles que o crucificaram; pode chamá-los ao jugo e subjugar a Pilatos e a todo o império romano, incluindo o césar romano. Aqui estamos nós para governar contigo. O que impede agora?
*(2) Flavio Josefo. Antigüidades dos Judeus. Tomo II. Cap. VIII, 5, p. 256.
Mas eles não sabiam que o reino de Deus é diferente. Ao reino de Deus tem que se ver e compreender profundamente; e a carne não pode ver nem muito menos entrar nesse reino. A mente carnal não pode compreender o reino de Deus.*(3) Quando o espírito de Adão morreu sem haver comido da árvore da vida, senão que em troca havia comido da árvore do conhecimento do bem e do mal, o espírito se apagou e, em contrapartida, começou a erguer-se e a crescer a alma; e quando a alma se engrandece, seu centro neurálgico é o ego, o eu. Esse constitui o centro da alma. Tu que opinas? Eu não quero Isso; eu prefiro este outro. Eu sou o que mando. Eu sou Hitler, e vou dominar o mundo. Essa é a alma humana. Por isso diz o Senhor: "Se alguém quer vir após mim, a si mesmo se negue, tome a sua cruz e siga-me" (Mt. 16:24). Decide-se não fazê-lo, não pode seguir a Cristo; não o entende. O eu e Cristo não podem caminhar juntos a menos que haja uma renovação da alma. Diz Paulo que as coisas de Deus a carne não pode entender; ou seja, o homem natural ou o crente carnal;*(4) e a alma é a parte da carne quando não tem sido renovada. Falando do reino de Deus, disse o Senhor a Nicodemos que ninguém pode ver o reino, nem muito menos entrar nele a menos que nasça de novo para esse reino; deve experimentar um novo nascimento, de cima, para que possa a vida de Deus entrar em seu espírito e dar a vida incriada; e assim poderá ver coisas que nunca antes havia podido ver.*(5)
*(3) Cfr. 1 Coríntios 2:14
*(4) Cfr. 1 Coríntios 3:1-4
*(5) Cfr. João 3:1-7

Nós, pela misericórdia do Senhor, temos chegado a ter a vida de Deus, então podemos ver o reino de Deus; devemos, pois, ver o momento crucial que estamos vivendo, e não seguir navegando no barco de nossa alma. Embarquemo-nos com o Senhor; entremos no reino de Deus. Eles quiseram ver estabelecido o reino de Deus nesse tempo. Mas nesse momento quem poderia compreender? Quem conhecia a Cristo? Quem? Nem sequer eles mesmos o conheciam bem. Para eles conhecer a Cristo tiveram que receber o Espírito Santo no dia de Pentecostes; e quando eles receberam o Espírito no dia de Pentecostes, neles houve uma verdadeira revolução, e se lhes tirou dos olhos um grosso véu, e puderam ver a realidade de quem realmente eram eles, de quem era Deus e Seu Cristo, de quais são os propósitos de Deus.As vezes nós nem sequer nos assomamos a meditar nessa realidade e pensar no poder que temos. Diz Mateus 12:28: "Se, porém, eu expulso demônios pelo Espírito de Deus, certamente é chegado o reino de Deus sobre vós". Isso só pode realizar uma pessoa que tenha o Espírito de Deus, e esteja dentro dos parâmetros do reino de Deus. Porque o outro reino, o das trevas, já está julgado e vencido; seus dias estão contados. O decreto já foi expedido contra Satanás e as hostes espirituais de impiedade. "Chegou o momento de ser julgado este mundo, e agora o seu príncipe será expulso" (Jo. 12:31). Diz o irmão Pember: "Esta sentença ainda não tem sido aplicada; mas acontecerá, aparentemente, quando Satanás for amarrado e lançado por mil anos ao abismo (aquela profundidade ardente no centro da terra), que, segundo a Escritura, é o cárcere dos que morrem perdidos. Assim, ele sofre a primeira morte durante o Milênio e, depois, a segunda, ao ser lançado no lago de fogo e enxofre (veja Is. 24:21,22; Ap. 20:1,2; 20:14)".6 Vemos que a sentença foi pronunciada, mas Satanás não tem sido destituído de seu cargo governamental nem despojado de seu título de príncipe deste mundo, até que seja acorrentado e lançado ao abismo; entretanto os vencedores na Igreja estão no reino de Deus, e representam o poder e a autoridade de Deus, sobre todas as trevas.
*(6) George Hawkins Pember. "As eras mais primitivas da terra". Cap. 2, pág. 59
Voltamos a Atos 1:6. Aí há algo que o Senhor nos quer dizer. "Então, os que estavam reunidos lhe perguntaram: Senhor, será este o tempo em que restaures o reino a Israel?" Ali não se reuniram quaisquer pessoas; se reuniram o Senhor e Seus discípulos mais íntimos. Perguntaram-lhe: "será este o tempo em que restaures o reino a Israel?" Como se dissessem, seguiremos nós sob o jugo romano? Isso era o que eles pensavam. Não temos por que especular, mas às vezes fico pensando coisas e me coloco na cena dos quadros bíblicos. Depois de três anos e meio de estarem escutando do Senhor tantas parábolas onde lhes dizia que era necessário que Ele se fosse e enviasse Seu Espírito e mais tarde voltasse para estabelecer Seu Reino, etc., e agora saem com essa pergunta. Bom, mas o Senhor, com paciência e muito amor, responde aparentemente com uma evasiva, dizendo: "Não vos compete conhecer tempos ou épocas que o Pai reservou pela sua exclusiva autoridade". Não compete a vós saber os cronos ou os kairós, os tempos ou as épocas que o Pai pôs em sua exclusiva autoridade. O Pai tem tudo bem planejado; mas para que ocorra tudo o que vocês me estão perguntando, para que se estabeleça o reino, é necessário que o dia que regresse Cristo, todos o vejam e saibam todos quem é o que vem, e, por ele mesmo, muitos correrão a esconder-se debaixo das pedras e nas covas dos montes. E saberão perfeitamente quem vem. Naquele dia da pergunta, ninguém sabia quem era Jesus de Nazaré, só uns pouquinhos. Para isso era necessário que primeiramente ocorresse a extensão desse conhecimento entre os homens, e por isso lhes seguiu dizendo: " 8 mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra".A restauração do Reino e exaltação do Rei messiânico só tem desenvolvimento e final cumprimento segundo o plano eterno e a sabedoria de Deus. Ali o Senhor fala de tempos e épocas (cronos e kairós). Deus sabe exatamente quando deve ocorrer tudo; Ele e só Ele sabe o tempo. Cada coisa deve estar pronta, disposta, tanto na história secular como na Igreja, e ainda nos âmbitos espirituais da maldade. Deus vai se revelando e dispensando-se ao homem no curso da história, a fim de que o homem objeto de sua revelação e de sua luz, esteja atento às manifestações celestiais, e Deus tem um tempo apropriado para o cumprimento de Seus propósitos. A colheita não se pode recolher senão até que esteja madura, e Ele sabe quando estará madura. O reino não pode se manifestar antes que os acontecimentos, a Igreja, a sociedade, o aspecto político e econômico do mundo, a globalização, a apostasia, o estado moral humano estejam em seu ponto. Antes da segunda vinda de Cristo, Ele tem que haver terminado de formar um povo que há de reinar. Para isso é necessário que o Senhor qualificasse os Seus discípulos, começando pelos doze, com a vinda do Espírito Santo, e lhes foram abertos seus olhos, e receberam poder para testificar, por todas as nações e através do tempo, que Jesus Cristo, o Filho de Deus, é o Senhor que ressuscitou da tumba, e que há de vir a reinar. Quando eles formularam a pergunta sobre a restauração do reino, nesse momento o Senhor quis dizer com sua resposta: Agora, todavia não é o tempo; há tantas coisas que vocês devem saber; nada tem amadurecido, nem vocês mesmos; vocês mesmos devem abrir seus olhos, pois devem seguir semeando, " 8 mas recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo, e sereis minhas testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra".A Bíblia diz que chegou esse poder a eles com a vinda do Espírito Santo no dia de Pentecostes, e houve um tempo quando Pedro ia caminhando, e traziam os enfermos, mas havia tanto o que fazer, e seguramente não havia tempo para atender um por um, então somente com a sombra de Pedro, os enfermos eram curados pelo poder de Deus (cfr. Atos 5:12-16). Quando veio o Espírito Santo, Seus discípulos começaram a dar testemunho verdadeiro do que realmente é Jesus Cristo. Enquanto regresso, vós dareis testemunho realmente do que é o reino; dareis testemunho realmente de qual é o poder de Deus. Dareis testemunho primeiramente em Jerusalém (a localidade onde estavam residindo), dareis testemunho na Judéia (a província onde viviam), em Samaria (a província vizinha) e até os confins da terra, chegando a mensagem a todos os continentes da terra, e chegou até a Colômbia, a Bogotá, e a Sogamoso, a Cúcuta, a Santa Marta e a Barranquilla. Chegou a nós este testemunho do Senhor Jesus; e agora o Senhor tem estabelecido em nós Seu reino. Agora em nós há uma realidade do reino; logicamente que quando Ele vier vai haver uma manifestação, mas hoje nós já vivemos no reino. Se nós queremos participar das bodas do Cordeiro e do reino milenar, devemos reinar desde agora com Cristo; que Ele reine sobre nós, e assim nós estamos reinando, sendo vencedores. E todos os entes das trevas tremam ante o nome glorioso do Senhor Jesus Cristo." 9 Ditas estas palavras, foi Jesus elevado às alturas, à vista deles, e uma nuvem o encobriu dos seus olhos.10 E, estando eles com os olhos fitos no céu, enquanto Jesus subia, eis que dois varões vestidos de branco se puseram ao lado deles11 e lhes disseram: Varões galileus, por que estais olhando para as alturas? Esse Jesus que dentre vós foi assunto ao céu virá do modo como o vistes subir ". Ao ser glorificado, o Senhor Jesus começou a reinar, sentado à destra de Deus, até que todos seus inimigos sejam postos por estrado de Seus pés (cfr. Mt. 19:28; He. 1:3; 10:12; Ap. 3:21). A seu devido tempo regressará a esta terra cheio de glória, poder e majestade. Que o Senhor Jesus abra nossos olhos para que possamos vê-lo e vivê-lo, e levá-lo profundamente conosco a uma realidade.

Um comentário:

Fruto do Espírito disse...

A Paz de Cristo,

Vim lhe desejar um:

⋎´✫¸.•°*”˜˜”*°•✫
..✫¸.•°*”˜˜”*°•.✫
☻/ღ˚ •。* ♥ ˚ ˚✰˚ ˛★* 。 ღ˛° 。
/▌*˛˚ღ •˚ Feliz Ano Novo!˚ ✰✰˚* ˚ ★
/ \ ˚. ★ *˛ ˚♥* ✰。˚ ˚ღ。* ˛˚ ♥ 。✰˚* ˚ ★

Que a nossa comunhão se perpetue na doce e santa presença do nosso Senhor e Salvador.
Saúde, paz e muitas realizações nesta bela caminhada cristã.

A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu blog, deixo o convite.
http://frutodoespirito9.blogspot.com/

Em Cristo,

***Lucy***

P.S. Deixo o convite para conhecer o blog do irmão J.C. - Mensagens abençoadoras.
Acesse e confira:
http://discipulodecristo7.blogspot.com/

Irmãos em Cristo Jesus.

Irmãos em Cristo Jesus.
Mt 5:14 "Vós sois a luz do mundo"